Ministro visita UEPB e conhece projetos do Núcleo de Tecnologias em Saúde que auxiliam no combate à Covid-19

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) recebeu na manhã de sábado (17) a visita do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Acompanhado do staff do ministério, secretários de saúde, prefeito, vereadores, deputados federais e estaduais, o ministro concentrou à visita no Núcleo de Tecnologias em Saúde (Nutes) da Instituição, espaço de referência em produtos e serviços estratégicos para o SUS e para a melhoria da qualidade de vida da população.

Na universidade, o ministro foi recebido pela reitoria, professora Célia Regina Diniz, e do coordenador geral do Nutes, professor Misael Morais, além de outros docentes e pró-reitores da Instituição. De acordo com a reitora, a vinda do ministro reforça o papel que a UEPB tem desempenhado, principalmente no que diz respeito às iniciativas de enfrentamento à Covid-19. Além de desenvolver projetos que auxiliam o Sistema Único de Saúde no fornecimento de equipamentos hospitalares, o Nutes também tem sido um braço importante no combate à pandemia.

“É importante mostrar o que a nossa Universidade produz, uma Universidade que tem um núcleo de pesquisa muito forte e que tem trabalhado fortemente no combate à Covid-19. Aqui, nós produzimos tanto equipamentos para o enfrentamento à pandemia, como também para outras doenças que acometem os brasileiros. Obrigada por conhecer parte da nossa Instituição, que tem trabalhado muito para auxiliar a saúde de todos os brasileiros”, disse Célia Regina ao ministro.

O primeiro laboratório do Nutes a receber a comitiva foi o de Computação Biomédica, onde foram apresentados os projetos de monitoramento de idosos pela plataforma Sênior Saúde Móvel, e o de controle da obesidade infantil, que tem como parceiros instituições do Brasil, Espanha, Grécia e Portugal. Em seguida, o ministro visitou a Unidade de Fabricação de Dispositivos Médicos (UFDM) do Nutes, que produz desfibriladores e monitores multiparamétricos por meio da Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP), projeto que tem como integrantes a empresa Lifemed e o Ministério da Saúde.

O coordenador da UFDM, professor Eduardo Jorge Valadares de Oliveira, apresentou ao ministro o processo de produção e destacou a quantidade de equipamentos que já foram entregues ao SUS. “Entregamos cerca de 2.500 equipamentos em 22 estados e no Distrito Federal. É importante também ressaltar que somos a única instituição pública do país a ter o Certificado de Boas Práticas de Fabricação (CBPF) para equipamentos”, assegurou.

Durante a visita, Marcelo Queiroga conheceu o projeto de ventilador pulmonar de baixo custo desenvolvido pelo Nutes. O equipamento já recebeu a carta patente e dentro 60 dias estará com o design finalizado, pronto para ser produzido e posteriormente colocado à disposição do mercado. A visita foi encerrada no Laboratório de Tecnologias 3D (LT3D), onde os pesquisadores apresentaram os produtos e serviços que ajudam no combate à Covid-19. Durante um ano de pandemia, o LT3D produziu e distribuiu mais de 60 mil protetores faciais para profissionais de Saúde de todo Estado, e confeccionou um vídeo laringoscópio para intubação de pacientes, além de outros produtos.

O ministro destacou a importância dos projetos que são desenvolvidos pelo Nutes da UEPB. “A Parceria para o desenvolvimento produtivo é muito importante porque além de fornecer equipamentos de ponta que salvam vidas dos brasileiros, há também a transferência de tecnologia para uma instituição pública. Os softwares de controle da obesidade infantil e de monitoramento de idosos também são de suma importância no contexto atual. Minha visita é para atestar que num Estado da região Nordeste é possível produzir tecnologia de alto nível que é levada para todo o Brasil”, destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Traduzir »