Nutes tem projeto selecionado em chamada coordenada Brasil-União Europeia em Tecnologias da Informação

O Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (Nutes) da UEPB, em parceria com outras instituições brasileiras e europeias teve um projeto aprovado na 4ª Chamada Coordenada Brasil-União Europeia (EU) em Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), realizada dentro do programa Horizontes 2020 (H2020) da União Européia.

Lançada no Brasil pela RNP – Rede Nacional de Ensino e Pesquisa, em conjunto com a Secretaria de Políticas de Informática do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), a chamada teve por objetivo apoiar e promover a realização de projetos conjuntos de pesquisa, desenvolvimento e inovação na área de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), por meio de consórcios entre instituições científicas e tecnológicas e empresas brasileiras e europeias. “Essa aprovação possibilitará alinhar a UEPB com iniciativas internacionais da era da Internet das Coisas, trazendo a inovação e o alto valor agregado das soluções para o contexto do Nutes”, ressaltou o professor e pesquisador do Nutes, Paulo Barbosa, coordenador do projeto selecionado.

O projeto selecionado foi o “OCARIoT – smart childhood Obesity CARing solution using IoT potential, na área de Internet das Coisas (IoT). O objetivo do projeto é a prevenção da obesidade infantil, que atualmente afeta cerca de 220 milhões de crianças em idade escolar no mundo. Para isso, o OCARIoT desenvolverá uma solução de coaching personalizado baseada em IoT que orientará as crianças a adotar uma alimentação saudável e atividades físicas. Os resultados desse projeto serão demonstrados e validados por meio de três pilotos realizados em países diferentes – Espanha, Grécia e Brasil. “A proposta OCARIoT é fornecer uma plataforma de saúde digital baseada no conceito de Internet das Coisas para aumentar a conscientização da saúde das crianças e seu estilo de vida saudável, a fim de evitar novos aumentos na obesidade no mundo e reduzir ao máximo o risco de problemas de saúde relacionados. O projeto também fornecerá respostas raápidas sobre a eficácia da intervenção e as mudanças de estilo de vida das crianças”, comentou Paulo.

Além do Nutes, fazem parte do projeto selecionado Fundação CPqD – Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações, o Núcleo de Aplicação em Tecnologia da Informação da Universidade de Fortaleza (Nati/Unifor), o Instituto Atlântico, o Núcleo de Projetos em Tecnologia da Informação da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e as instituições européias: Fundación Tecnalia Research & Innovation (Espanha), Universidad Politecnica de Madrid (Espanha), Ethniko Kentro Erevnas Kai Technologikis Anaptyxis (Grécia), Unparallel Innovation Lda (Portugal), Colegio Virgen de Europa (Espanha), Servicio Madrileño de Salud (Espanha) e Ellinogermaniki Agogi (Grécia).

Related posts