Pesquisas sobre saúde conectada são apresentadas em congresso na Suécia

Duas pesquisas que foram desenvolvidas dentro das atividades do Mestrado em Ciência e Tecnologia em Saúde da Universidade Estadual da Paraíba foram apresentadas na cidade de Karlstad, na Suécia, durante o 31º IEEE CBMS (International Symposium on Computer- Based Medical Systems). Os dois trabalhos, que abordam questões relacionadas à saúde conectada, foram apresentados pelo professor do Departamento de Computação da UEPB e pesquisador do Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (Nutes), Fábio Luiz Leite Júnior, que atualmente faz doutorado no Instituto Fraunhofer, na Alemanha.

Os trabalhos apresentados foram desenvolvidos em parceria com os seguintes pesquisadores do Nutes: Júlia Queiroz, Alex Figueiredo, Danilo Santos, Kátia Galdino e Paulo Barbosa, estes últimos também professores do Departamento de Computação da UEPB. No artigo “Introducing Traceability Information Models in Connected Health Projects” ((Introduzindo Modelos de Rastreabilidade em Projetos de Saúde Conectada), foi apresentado um modelo de rastreabilidade de informações produzidas nos projetos de desenvolvimento de software para sistemas médicos no contexto de saúde conectada, bem como uma técnica para a utilização deste modelo no contexto destes projetos. “Utilizamos uma aplicação concreta que envolve o controle e a verificação remota de bomba de infusão, demonstrando como produzir, gerenciar e manter interligadas as informações que são produzidas por equipes de segurança, engenharia, desenvolvimento, controle de qualidade, entre outros, e mantidas separadas”, ressaltou o pesquisador Fábio Leite.

No outro trabalho, intitulado “RE4CH: Requirements Engineering for Connected Health” (RE4CH: Engenharia de requisitos para Saúde Conectada), foi apresentado um processo de desenvolvimento que visa enriquecer tradicionais metodologias ágeis de desenvolvimento de software com artefatos necessários para garantia de qualidade e certificação de projetos na área de saúde conectada. O conceito foi demonstrado num projeto de saúde conectada que atualmente está sendo desenvolvido no Nutes e aplicado em vários projetos, como por exemplo, Tratamento da Obesidade Infantil por meio do Potencial da Internet das Coisas (em inglês, OCARIoT (Smart Childhood Obesity Caring Solution using IoT).

O International Symposium on Computer- Based Medical Systems (IEEE CBMS) é um dos eventos mais antigos e relevantes na área de sistemas médicos. Este ano participaram mais de 80 instituições de vários países, representados por pesquisadores, desenvolvedores, engenheiros, e representantes da indústria. “É o ambiente perfeito para o surgimento de novas parcerias internacionais que fomentam a produção de projetos e cooperações para o avanço científico, tecnológico e industrial do setor”, destacou Fabio Leite, acrescentando que “apresentar trabalhos neste evento reafirma o prestígio internacional do Nutes da UEPB na vanguarda da ciência e da indústria em tecnologias ligadas à saúde”.

Related posts