Pesquisador do Nutes apresenta trabalhos em Congresso na República Tcheca

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) esteve representada no mais importante congresso na área de Física Médica e Engenharia Biomédica, realizado na cidade de Praga na República Tcheca, entre os dias 3 e 8 de junho. O professor do Departamento de Computação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB e pesquisador do Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (Nutes), Daniel Scherer, apresentou (três) artigos no World Congress on Medical Physics & Biomedical Engineering 2018.

O artigo “Documentation Template for the Usability Engineering Process for Medical Devices” (Modelo de documentação para o processo de engenharia de usabilidade para dispositivos médicos) foi escrito com base no Trabalho de Conclusão de Curso do aluno Francisco Ferreira Gouveia Filho, ex-aluno do Curso de Computação da UEPB, que foi orientado por Daniel Scherer na graduação.

Nesta pesquisa, os autores apontaram “a falta de padronização nos processos de engenharia de usabilidade utilizados pelos fabricantes e a ausência de métricas pré-estabelecidas para tais processos são problemas constantes no universo dos dispositivos médicos, particularmente dificultando os processos de avaliação”, concluindo que “ as normas atuais são insuficientes para garantir bons processos de engenharia de usabilidade, mesmo com a existência de boas práticas de usabilidade na literatura” e também propoem “um modelo de documentação para engenharia de usabilidade de dispositivos médicos, a partir da apresentação de algumas técnicas que são utilizadas no processo de desenvolvimento de software”.

Outro trabalho apresentado no Congresso foi desenvolvido em parceria com o professor do Departamento de Educação Física e pesquisador do Nutes, Andrei Guilherme Lopes, e a Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia em Saúde da UEPB, Thâmmara Lariane Henriques Tito. Intitulado “Technologies Catalog to Support the Identification of User Behavior During Usability Tests” (Catálogo de tecnologias para apoiar a identificação do comportamento do usuário durante testes de usabilidade), o artigo teve como objetivo “apresentar um Catálogo indicando tecnologias que podem ser usadas para detectar o comportamento ergonômico ou biomecânico do usuário”. No resultado foi possível listar tecnologias que podem ser utilizadas para analisar o comportamento do usuário, que serviriam para auxiliar a execução de testes de usabilidade em dispositivos médicos.

O terceiro trabalho é fruto do desenvolvimento de Iniciação Científica, tendo envolvidos os alunos do curso de Computaçao, Pablo Monteiro Santos e José George Dias de Souza. Intitulado “Taxonomy proposal for the description of accidents and incidents in the operation of Health Devices” (Proposta de taxonomia para descrição de acidentes e incidentes na operação de dispositivos médicos), o artigo trata do desenvolvimento da ferramenta para suporte a notificação de eventos adversos que faz parte da parceria com ANVISA.

O “World Congress on Medical Physics & Biomedical Engineering” é realizado a cada três anos e reúne físicos médicos, engenheiros biomédicos e outros profissionais em áreas afins de todo o mundo para interagir e compartilhar ideias, conhecimentos, experiências e descobertas de pesquisas. Este ano reuniu participantes de mais de 89 países que debateram sobre avanços na ciência e tecnologia em benefício da saúde humana e evolução da medicina. “Participar de um evento deste porte é muito interessante, uma vez que permite que se apresentem as ideias a pessoas com formações diferentes, sendo possível enxergar novos horizontes para os trabalhos”, destacou o professor Daniel Scherer.

Related posts