Secretário-executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia conhece projetos desenvolvidos no Nutes

Os resultados cada vez mais expressivos que o Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (Nutes) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) têm conseguido nos últimos meses, como o credenciamento junto à Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (ABIMO), a ampliação de parcerias entre ministérios do Governo Federal, bem como a contribuição para a expansão da pesquisa na área da Saúde, continuam chamando atenção.

Na manhã desta sexta-feira (12) foi a vez do secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Julio Francisco Semeghini, fazer uma visita ao local e ficar impressionado com o engajamento e desenvolvimento das pesquisas realizadas no Núcleo. Segundo ele mesmo destacou, sua intenção de visitar o Nutes foi conhecer de perto o trabalho que vem dando bons resultados, seja quando a parceria é com o Ministério da Saúde ou outras instituições que agregam a tecnologia às propostas da Saúde.

DSC_1290

“O Nutes tem sido uma referência de casos de sucesso na área da Saúde. Aparelhos como o monitor de ponta que é desenvolvido com quase 25% de custo mais barato do que o normal no mercado e muito mais que isso. Conheci um pessoal que está fazendo um trabalho muito bonito. Precisamos aplicar as coisas para resolver a vida das pessoas. O que eu vi aqui foram experiências concretas desenvolvendo aplicações concretas para a vida das pessoas”, destacou o secretário-executivo do MCTIC.

O reitor da UEPB, professor Rangel Junior, afirmou que essa impressão do secretário-executivo confirma o potencial de impacto que o Nutes alcançou. Segundo ele, as pessoas têm tido mais informações sobre as inovações desenvolvidas no Núcleo, o que tem ajudado a Instituição a conquistar cada vez mais espaço na área de tecnologia. “As pessoas identificam as potencialidades que existem aqui no Núcleo de Tecnologias Estratégicas da Saúde e nas parcerias desenvolvidas com o Estado brasileiro para melhorar a vida das pessoas. Para nós, isso é resultado desse conhecimento, já que muitos têm identificado não somente a potencialidade do Nutes, mas ficam encantados com os resultados obtidos em nossas pesquisas”, disse o reitor.

DSC_1334Ao longo da visita, o secretário-executivo do MCTIC conheceu alguns projetos que fazem parte do Laboratório de Instrumentação Biomédica e Ensaios, bem como do Laboratório de Tecnologias 3D. Este último com um histórico de disponibilidade de próteses e órteses confeccionadas a partir da impressão em três dimensões para o Hospital de Urgência e Emergência Dom Luiz Gonzaga Fernandes, de Campina Grande. Os pesquisadores Paulo Barbosa e Ana Marly Araújo foram os responsáveis para dar as explicações que impressionaram o integrante do Ministério.

O coordenador geral do Nutes, professor Misael Morais, disse que todos os projetos desenvolvidos no Núcleo estão alinhados com os potenciais de pesquisa do Brasil e ainda ressaltou o alcance que os produtos desenvolvidos no Núcleo têm alcançado. “Somos braços de instituições que estão acima da gente e precisamos estar alinhados com os potenciais do país, para que possamos desenvolver melhor nosso papel. É muito importante que pessoas de gestões superiores venham conhecer nosso trabalho, porque isso demonstra que nós estamos de fato alinhados com o que eles pensam, além de contribuir com nosso trabalho em buscar recursos para nossos projetos”, pontuou.

Texto: Givaldo Cavalcanti (ASCOM/UEPB)

Related posts